Entenda o que é a metodologia Smart e por que aplicá-la em sua imobiliária

Entenda o que é a metodologia Smart e por que aplicá-la em sua imobiliária

metodologia Smart

Você já pensou sobre quais são as metas da sua imobiliária? Todo empreendedor tem objetivos para o seu negócio, sejam eles grandes ou pequenos. Porém, apenas isso não é suficiente para fazer com que ele de fato chegue onde quer chegar. É aí que entra a metodologia Smart, uma estratégia para a criação de metas que direcionem o seu planejamento e de fato levem à obtenção de resultados concretos.

Com ela, é possível organizar recursos, tarefas de colaboradores e práticas para sair das especulações e alcançar resultados reais. 

Quer saber melhor do que se trata a metodologia Smart? Neste artigo, explicaremos quais são as suas características e como aplicá-la na sua imobiliária. Confira!

Leia também: tecnologia a favor da imobiliária – por que apostar nisso

O que é metodologia Smart?

Estabelecer metas é um passo essencial para a organização, no entanto, elas precisam ser bem pensadas para que sejam um meio eficaz de alavancar o crescimento do seu negócio. A metodologia Smart (ou inteligente, em português) é uma sigla para as cinco principais características que a meta precisa ser: específica, mensurável, atingível, relevante e temporal (ou do inglês: Specific, Measurable, Attainable, Relevant, Time-based).

Veja abaixo o que são cada um desses atributos!

1. Específica

Objetivos muito vagos não fornecem informações. Portanto, antes de tudo é preciso especificar exatamente qual é o resultado desejado, de maneira clara e objetiva, para evitar ambiguidades. Para definir isso, você pode se fazer algumas perguntas sobre a meta:

  • O que a meta pretende atingir?
  • Por que ela deve ser atingida?
  • Quem será responsável por ela? 
  • Onde ela será aplicada? 
  • Quando ela será aplicada?

Vamos supor que você queira aumentar a rentabilidade da sua imobiliária. Esse é um objetivo válido, mas pouco preciso, que não direciona os colaboradores. Uma meta como aumentar a fidelização de clientes em 15% em um período de 4 meses, por exemplo, é um caminho que pode levar a essa maior rentabilidade, mas é muito mais específico e concreto. 

2. Mensurável 

Pouco adianta delimitar uma meta se não houver condições para medir o trabalho. Se a meta foi ultrapassada, por exemplo, é preciso saber em quanto. O mesmo vale para o caso de ela não ser atingida.  Por isso, é preciso desenvolver estratégias para medir os resultados periodicamente. 

3. Aplicável 

Os objetivos traçados, além de claros, devem ser possíveis. Isso pode parecer óbvio, mas é muito comum que não sejam levadas em conta as condições reais do negócio no momento de traçar uma meta, o que causa frustração e desmotivação. Para evitar isso, você deve considerar o contexto do seu negócio, o mercado e os recursos que estão disponíveis no momento de delimitar os seus objetivos.

4. Relevante

A relevância é outro ponto muito importante: a meta estabelecida precisa contribuir de alguma forma para o cenário amplo da empresa. É preciso se perguntar se ela será relevante para as necessidades do negócio ou para a realidade do mercado, para que não sejam desperdiçados recursos e energia em algo que não terá impacto positivo.

Deixe clara a importância das metas para os objetivos estratégicos do negócio, de modo a mostrar aos colaboradores o papel ativo que eles têm no todo.

5. Temporal

Por fim, é essencial delimitar um tempo de começo e fim, estabelecendo um período máximo para que a meta seja atingida. É interessante também pensar em um cronograma que organize o trabalho em etapas, já que assim fica mais fácil conduzir o trabalho e motivar os colaboradores.

Como traçar as metas certas na sua imobiliária?

Agora que você já sabe no que consiste a metodologia Smart, é hora de colocá-la em prática. Veja abaixo alguns passos que você pode seguir para ter sucesso!

1. Coloque todos na mesma página

O primeiro passo é esclarecer todo o processo aos seus colaboradores, tanto o seu time de corretores quanto os demais setores da imobiliária, como RH, marketing, financeiro, etc. É muito importante que eles conheçam todas as metas e entendam suas características, já que eles serão, em boa parte do tempo, os responsáveis por colocá-las em prática. É preciso, então, delegar responsabilidades de modo a conscientizá-los, ressaltando a importância deles para os resultados que serão obtidos.

2. Acompanhe de perto

Em seguida, é preciso traçar um plano para monitorar o desempenho. Acompanhe ao longo do tempo como o trabalho está correndo, de acordo com a temporalidade que foi planejada quando a meta foi estabelecida. Assim, caso haja problemas, eles serão identificados mais rapidamente e poderão ser solucionados em tempo.

3. Compartilhe os ganhos e perdas

Por fim, apresente os resultados obtidos. É essencial valorizar o trabalho e o esforço da equipe e mostrar como ela é parte fundamental para o bom funcionamento do negócio. Da mesma forma, é importante discutir as metas que não foram atingidas para mapear os erros de forma construtiva, a fim de melhorar os próximos passos.

Quais são as vantagens da metodologia Smart?

A metodologia Smart serve como um direcionamento. Ela não é uma solução milagrosa, muito pelo contrário: é um método racional de planejamento para garantir que o negócio não fique estagnado. As metas ajudam a definir quais são as suas prioridades, o que lhe permite organizar o seu tempo e gerir seus recursos da forma mais eficaz possível.

Além disso, como já mencionamos, ela também é uma estratégia para manter a sua equipe motivada. Metas pouco claras, excessivamente vagas ou muito difíceis de se atingir geram frustração e fazem com que haja pouca disposição para a realização do trabalho.

Se o colaborador não vê de que forma contribui com a empresa, o seu trabalho perde o sentido e a produtividade tende a cair. Com as metas Smart bem delimitadas, os objetivos são tangíveis e o envolvimento dos funcionários é muito maior, o que fará com que eles produzam mais e melhor.

Como vimos neste post, a metodologia Smart é uma estratégia para tornar o seu planejamento muito mais eficiente. Com ela, é possível manter o foco naquilo que realmente importa, considerando os seus recursos e o contexto da sua empresa para atingir objetivos tangíveis. Além disso, ela também é uma maneira eficiente de manter a sua equipe motivada e produtiva. 

Gostou desse conteúdo? Então, não deixe de nos seguir no Instagram e conferir outras dicas importantes para o mercado imobiliário!

Compartilhe esse conteúdo
Leia também:
Infográfico
[Infográfico] Diferença entre fiança, seguro fiança e caução
LER MAIS >
Materiais Educativos
[Semana de webinars] Especial Dia do Corretor
LER MAIS >
tecnologia imobiliária
Tecnologia
Tecnologia a favor da imobiliária: saiba por que apostar nisso

Agilidade, menos gastos, mais lucros e mais segurança de mercado são algumas das justificativas para você investir na tecnologia imobiliária. Confira tudo sobre o assunto aqui!

LER MAIS >